O “Micromouse Portuguese Contest” é um concurso de robótica onde os concorrentes colocam os seus robôs a competir pela inteligência e velocidade na resolução de um labirinto específico. Um robô participante neste concurso é chamado de “Micromouse”.

        1. Regras para Micromouse (robô)
          1. Um micromouse deve ser totalmente autónomo.
          2. Um micromouse não poderá usar uma fonte de energia que utilize um processo de combustão.
          3. Um micromouse não poderá ter nenhum hardware ou software adicionado, substituído, apagado ou modificado pelo operador durante o concurso.
          4. É, no entanto, permitido fazer pequenas reparações.
          5. Nada poderá ser depositado no labirinto.
          6. Um micromouse não poderá saltar, subir, arranhar, danificar ou destruir as paredes que constituem o labirinto
          7. Os juízes podem impedir um micromouse de participar se existir um risco de este poder danificar ou manchar o labirinto.
          8. Estrutura do micromouse não poderá exceder os 250mm de largura e os 250mm de comprimento.
          9. Não há restrições na altura.
        2. Regras para o Labirinto
          1. O labirinto deverá ser composto por 16 x 16 múltiplos de unidades quadradas (células) de 180mm x 180mm.
          2. As paredes constituintes do labirinto deverão ter 50mm de altura e 12mm de largura.
          3. As passagens entre as paredes deverão ter 168mm de largura.
          4. A parede exterior deverá envolver o labirinto por completo.
          5. As paredes do labirinto deverão ser brancas.
          6. O chão do labirinto deverá ser preto fosco.
          7. As paredes do labirinto deverão refletir a luz infravermelha e o chão absorvê-la.
          8. A célula de partida deverá ser num dos quatro cantos do labirinto.
          9. A célula de partida deverá ter paredes em três lados.
          10. A orientação da célula de partida deverá ser de tal modo que, quando a abertura estiver a ‘norte’, as paredes exteriores estão a ‘sul’ e a ‘oeste’.
          11. O centro do labirinto será um conjunto das quatro células centrais sem paredes internas.
          12. O centro do labirinto será o destino.
          13. Pequenas zonas quadradas, cada com 12mm x 12mm, em cada um dos quatro cantos são chamados de pontos de grelhas.
          14. O labirinto é construído de modo a que exista pelo menos uma parede em cada ponto de grelha com exceção do quadrado de destino.
          15. As dimensões do labirinto deverão ter uma precisão dentro do menor valor de 5% ou 20mm.
          16. As juntas do labirinto não deverão conter degraus que excedam 1mm
          17. A mudança de declive nas juntas não deverá exceder os 4º.
          18. As fendas existentes entre paredes de células adjacentes não deverão exceder 1mm.
          19. Um sensor de partida será colocado na fronteira entre a célula de partida e a célula seguinte.
          20. Um sensor de destino será colocado na entrada da zona de destino.
          21. O raio de luz infravermelha de cada sensor será horizontal e posicionada a 10mm do chão.
          22. Serão permitidas, e até espectáveis, a existência de múltiplos caminhos para o destino.
        3. Regras para o Concurso
          1. O tempo mínimo requerido por um micromouse para ir da partida ao destino deverá ser registado como o seu tempo oficial de uma corrida.
          2. Viajar de volta desde o destino até à célula partida não é considerado uma corrida.
          3. Cada corrida começa na célula de partida e termina quando o micromouse retorna à célula de partida e fica imobilizado por 2 segundos ou é suspensa pelo júri.
          4. Se o micromouse retorna à célula de partida e começa outra corrida automaticamente, este terá de ficar imobilizado durante, pelo menos, 2 segundos na célula de partida.
          5. O operador não poderá tocar no micromouse durante uma corrida sem a autorização do júri.
          6. Cada micromouse terá um limite máximo de atuação de 10min.
          7. A pontuação de um micromouse será obtida pelo melhor tempo de uma corrida.
          8. Quando um micromouse chega ao destino poderá parar e permanecer no centro do labirinto, ou continuar a explorar outras partes do labirinto, ou voltar para a célula de partida.
          9. Se o robô optar por permanecer no centro poderá ser retirado manualmente e recomeçar.
          10. Se o robô não permanecer no destino não poderá ser parado manualmente e depois recomeçar.
          11. O tempo para cada corrida (Tempo de Corrida) deverá ser medido desde que o micromouse sai da célula de partida até que entra na zona de destino.
          12. O processo de ativação deverá ser simples e deverá ser submetido ao júri no momento do registo no dia do concurso.
          13. Ao concorrente é dado 1min., desde o momento em retira o micromouse do parque fechado, para fazer ajustes aos sensores se assim o necessitar.
          14. Depois de retirado do parque fechado, não poderá haver seleção de estratégias nem poderá passar para o micromouse, por qualquer processo, informação sobre o labirinto.
          15. O cronómetro começará depois de passado o limite de 1min. mesmo que o concorrente ainda esteja a ajustar os sensores do robô.
          16. Se um micromouse tiver problemas o concorrente poderá pedir permissão ao júri para abandonar a corrida e recomeçar desde o início.
          17. Um micromouse não poderá recomeçar somente porque falhou uma curva.
          18. O júri poderá adicionar uma penalidade pelo recomeço.
          19. Se nenhuma corrida com sucesso for conseguida o júri dará uma avaliação qualitativa da performance do robô, baseada na distância alcançada, no comportamento e na qualidade do controlo.
          20. Se um robô tiver de sair por problemas técnicos, o júri poderá admitir que este volte mais tarde ao concurso.
          21. Os robôs deverão permanecer no parque fechado até o labirinto ser revelado.
          22. Os concorrentes colocarão o micromouse na partida às ordens do júri.
          23. Existirão duas mangas com grau crescente de dificuldade.
          24. A classificação final será obtida através da soma dos melhores tempos, de cada equipa, em cada manga.
          25. Os casos omissos serão resolvidos pelo júri do concurso.
          26. A decisão do júri será final e soberana.
        4. Elegibilidade a concurso
          1. Uma equipa pode ser constituída por uma máximo de 5 elementos.
          2. A uma equipa corresponde um e um só micromouse.
          3. Cada equipa deverá ter um elemento responsável.
          4. Só existirá um escalão de competição.
          5. Depois do parque fechado só um elemento da equipa poderá ter acesso, quando solicitado pelo júri, ao labirinto. 
Top